Falta apenas um dia para o Maior Arraial da Amazônia

Já está tudo pronto para o Boa Vista Junina 2018, que neste ano tem como tema “A vida nas cores da alegria”. Os preparativos para deixar o maior arraial da Amazônia aconchegante e seguro estão a todo vapor na Praça de Eventos Fábio Marques Paracat.

E para garantir alegria ao público, a Prefeitura de Boa Vista preparou uma vasta programação que se inicia neste sábado, 16, a partir das 19h, com espaços de diversão para crianças e adultos, segurança e muita animação para as famílias durante os dias de festas.

Este ano o Boa Vista Junina completa 18 anos. São quase duas décadas da festa que já está no coração do boa-vistense. O arraial, que começou na Praça do Centro Cívico nos anos 2000, cresceu e se tornou o maior da Amazônia.
Megaestrutura vai garantir mais conforto aos visitantes

Neste ano, a praça de alimentação terá uma cobertura de 1.600m², para evitar transtornos causados pela chuva (Foto: Fernando Teixeira)
Como o mês de junho é um mês de muitas chuvas, a estrutura do Boa Vista Junina foi planejada e ampliada. A praça de alimentação terá uma cobertura de 1.600m². Os setores de serviços e comercialização também tiveram suas tendas ampliadas. Tudo isso para comportar o público nas noites de arraial.
Outra novidade é que o evento terá quatro portais de entradas e saídas, com seu entorno fechado. Esses portais vão fazer com que o público tenha uma visão mais linear dos espaços do arraial. As mudanças continuam com a alteração da altura do tablado, que a partir de agora será de 40cm.
E quem gosta de registrar os momentos tirando selfies vai contar com uma decoração especial, com elementos que reúnem influências da Amazônia e do nordeste brasileiro, unindo as tradições e culturas dessa festa que permeia o país de norte à sul.
A criançada terá diversão garantida 

Além dos brinquedos tradicionais, o Boa Vista Junina deste ano terá novidades para o público infantil (Foto: Fernando Teixeira)
Não poderia faltar um cantinho pensado e idealizado especialmente para as crianças. Por isso, foram preparados mais de 20 espaços destinados para a diversão infantil, localizado ao lado da praça de alimentação. Isso vai facilitar o contato visual com os pais e garantitr uma festa mais segura e mais divertida.
O Boa Vista Junina conta com sempre com o Cantinho da Amamentação, organizado pelo Programa Família Que Acolhe. O espaço conta com fraldário, cantinho da leitura, mesa para pintura e poltronas próprias para amamentação, para que mães e filhos aproveitem a festa da forma mais confortável possível.
Os adolescentes e jovens também têm vez. Entre os tradicionais brinquedos do arraial, como pula-pula e os infláveis, a festa conta mais uma vez com equipamentos diversos, como um bungee jumping.

Desde o ano passado, são instalados brinquedos especiais para jovens, adolescentes e até adultos (foto: Igorh Martins)
Arraial contará com patrulhamento ostensivo e câmeras de vigilância
Quem for prestigiar o maior arraial da Amazônia pode ficar tranquilo quanto à segurança no local. A Prefeitura de Boa Vista montou um grande aparato para garantir a tranquilidade dos visitantes durante as oito noites de festa.
Cada noite do arraial vai contar com cerca de 80 homens e mulheres da Guarda Civil Municipal nos patrulhamentos na área do evento. A GCM vai coordenar a segurança do local com apoio dos agentes de Trânsito, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Corpo de Bombeiros e das polícias Civil e Militar. A estrutura de segurança vai contar mais uma vez com um sistema com 25 câmeras instaladas ao longo da praça, monitoradas em tempo real.

A tranquilidade é garantida, graças ao reforço na segurança durante o arraial (Foto: Fernando Teixeira)
A maior paçoca do mundo
Além de muita alegria, a festança de São João vai contar com a maior paçoca do mundo, pelo quarto ano consecutivo.  A cada ano a Prefeitura de Boa Vista bate o próprio recorde. Na edição deste ano, a paçoca será preparada com peso de uma tonelada. O que já era grande ficou ainda maior.
A distribuição da Maior Paçoca do mundo ocorre gratuitamente no dia 22, com pesagem será com o auxílio de um guindaste e está marcada para às 20h. Em 2017, foram pouco mais de 800 kg. A paçoca é símbolo da gastronomia e da cultura roraimense e a distribuição ao público se tornou um dos momentos mais esperados pelos boa-vistenses.

A distribuição da maior paçoca do mundo é um dos momentos mais esperados pelos boa-vistenses
Praça de alimentação oferecerá cardápio variado

Além da boa comida, predominam nas barracas a higiene e a organização (Foto: Fernando Teixeira)
Sem dúvida, as comidas típicas são um dos atrativos principais do Boa Vista Junina. Pensando nisso, a Prefeitura de Boa Vista preparou 217 espaços de comercialização geral no evento. Serão 20 barracas primárias, 95 secundarias, 30 rotativas, 20 brinquedos, 5 carrinhos de pipoca, 6 trailers, 5 foods trucks, 36 pontos de comercialização diversificadas, possibilitando uma variedade de opções para o público.
Todos os contemplados com um espaço na praça de alimentação passam por treinamentos que envolvem boas práticas comerciais, higiene e manipulação de alimentos, tudo oferecido pela prefeitura. A fiscalização da Vigilância Sanitária é certa e a exploração de crianças e adolescentes é vedada.
R$ 12 milhões serão injetados na economia local
O maior arraial da Amazônia movimenta toda cidade e, em especial, a economia local.  A previsão é de que na edição deste ano sejam investidos 2,3 milhões com toda estrutura da festa e dê retorno de aproximadamente 12 milhões à economia da capital.
Entre os setores que mais geram lucros estão comércio, hotelaria, gráficas, transportes, costureiras, ambulantes, serviços. Por conta do arraial, são gerados aproximadamente 5 mil empregos diretos e 30 mil indiretos, desde a montagem das barracas, palco, estrutura da festa, arena junina, até decoração.

São gerados aproximadamente 5 mil empregos diretos e 30 mil indiretos, desde os dias que antecedem ao evento até a última noite de festa (Foto: Fernando Teixeira)
Quadrilhas disputam o troféu de campeã 2018

Serão seis noites de espetáculos no tablado da Arena Junina (Foto: Eduardo Andrade)
As 24 quadrilhas dos grupos de acesso e especial não economizaram na criatividade para o Boa Vista Junina deste ano. A disputa pelo troféu será acirrada, pois cada uma caprichou em diferentes temas que, com certeza, vão encantar o público.
As apresentações na Arena Junina iniciam sábado, 16, às 20h.  O tablado vai receber personagens do Sítio do Pica-pau Amarelo, as dançarinas do Moulin Rouge, entre outros, em disputas emocionantes.
Para tornar a competição ainda mais eletrizante, a Prefeitura de Boa Vista mudou as regras para o arraial deste ano. Agora o troféu da quadrilha campeã será rotativo. Ou seja, a vencedora levará o original para casa, mas terá que devolver caso outra quadrilha conquiste o título no arraial do ano seguinte.
Boa Vista Junina valorizará artistas locais
Em três espaços denominados “palco principal, arena junina e sala de reboco”, os artistas locais terão seus talentos valorizados durante as oito noites de arraial.  O público vai se divertir ao som de 26 bandas da terra e oito trios pé de serra, que farão a animação no Boa Vista Junina.

A inclusão dos artistas da terra divulga e valoriza ainda mais o trabalho dos artistas locais (Foto: Eduardo Andrade)
Naiara Azevedo é atração na 18ª edição do Boa Vista Junina

Quem for ao Boa Vista Junina no dia 20 vai poder conferir os sucessos de um dos atuais expoentes do sertanejo universitário (foto: Assessoria/NA)
E para deixar o público ainda mais animado, o Boa Vista Junina preparou uma programação especial, com a apresentação da cantora Naiara Azevedo. A cantora sertaneja se apresentará no dia 20 de junho, no Boa Vista Junina, praça Fábio Paracat, a partir das 21h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *