Empresário destaca a importância do certificado de estado livre de aftosa

O Brasil está a poucos passos de ser um país livre da febre aftosa. Nesta segunda-feira (4), o Ministro da Agricultura Blairo Maggi cumpre agenda de entrega de certificados para os últimos dois estados que ainda não possuíam a certificação: Amazonas e Macapá.

Roraima já possui o certificado de estado livre de febre aftosa. Isso significa que o Estado pode, sem qualquer restrição, comercializar carne bovina para qualquer unidade federativa do país, além de poder exportar.

O empresário Antônio Denarium afirma que essa certificação representa um grande passo na economia não só dos Estados, mas também do país.

“Com o Amazonas e o Amapá certificados, nós estaremos prontos para receber o título de país livre de febre aftosa. Esse título nos garantirá a possibilidade de exportar carne para todos os países do mundo, sem qualquer tipo de restrição”.

Denarium conta que o Brasil já é o maior exportador de carne existente e que, com o certificado, países como os da União Europeia retirarão as restrições que hoje impedem o comércio da carne brasileira nesses locais.

“Poder exportar para o mundo todo significa ter a agropecuária ocupando um maior espaço na economia do País”, contou.

Por conta da recente abertura do frigorífico em Roraima, a produção local é direcionada apenas para o Amazonas. No entanto, é questão de tempo até que a carne roraimense chegue a outros estados e até outros países.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *