Após ameaça de facção, Câmara Municipal de Mucajaí é alvo de incêndio criminoso

unnamed (2)

A Câmara Municipal do Município Mucajaí foi alvo de uma tentativa de incêndio na madrugada desta terça-feira (8). As chamas, causadas por ‘coquetéis molotov’, foram contidas rapidamente. A Polícia e o presidente da Câmara acreditam que facções criminosas podem estar envolvidas.

A tentativa de incêndio aconteceu após ameaças serem deixadas na Prefeitura Municipal do Município no último sábado (5). Os criminosos deixaram um lençol com a frase “ PCC contra o sistema. Vamos queimar tudo! ”. Três dias depois, na madrugada desta terça-feira, bombas foram jogadas no plenário da Câmara Municipal.

A Polícia Civil afirma que o ataque foi orquestrado por integrantes de facções criminosas. As investigações estão sendo feitas, uma vez que os bandidos deixaram pegadas e marcas de bicicleta. A procedência do lençol deixado na Prefeitura também está sendo investigada.

O presidente da Câmara, vereador Joelson Consta conta que o incêndio consumiu a porta, um ar-condicionado e parte do teto de PVC e que, no momento do ocorrido, não havia quem se prontificasse apara conter as chamas.

“ Até por causa do horário, não havia quem pudesse ajudar o único funcionário que estava no local. Na situação, ele não teve outra opção senão tentar conter as chamar sozinho. Felizmente, ele conseguiu e ninguém se queimou”.

Be the first to comment on "Após ameaça de facção, Câmara Municipal de Mucajaí é alvo de incêndio criminoso"

Leave a comment

Your email address will not be published.

*