Alunos de escola em São Luiz denunciam descaso do Governo

A situação precária no funcionamento de escolas é uma realidade de vários municípios no Sul e em todo o Estado. Desta vez, em São Luiz do Anauá, alunos e professores da Escola Estadual João Rodrigues da Silva reclamam da falta de merenda e em como ela afeta as aulas e prejudica os alunos.

De acordo com os alunos, as aulas tem terminado mais cedo da escola com frequência, por conta da falta de merenda. O estudante V.A. conta que desde o início do ano a escola tem enfrentado problemas com merenda. “Falta merenda desde o começo do ano e os alunos que não comem em casa, na esperança de comer algo na escola, passam fome. Quando tem comida, é só o macarrão ou o arroz. Nas vezes em que acontece isso, os professores pedem para os alunos trazerem a mistura para a comida “.

O professor Valmir Guilherme conta que o descaso do governo traz impactos que vão do aprendizado dos alunos até à rotina dos pais, que muitas vezes têm que buscar seus filhos mais cedo.

“É assim, a merenda quando vem, vem atrasada, mas geralmente ela não vem. Os professores são forçados a reduzir o horário de aula porque os alunos estão com fome e sem condições de estudar. O abandono é tanto que, por vezes, nós, professores, fazemos vaquinhas para trazer merenda para os alunos, mas não há condições de fazermos isso todos os dias e nem todos os alunos têm condições de trazer merenda”, contou o professor.

O aluno K.R. aponta mais problemas além da situação da merenda. “Além da falta de merenda, a estrutura da escola está em péssimas condições. A escola está acabada! Central que não funciona, luz que não acende, fios expostos que no ano passado davam choque em quem circulava descalço. É muito difícil”.

É relatada também a dificuldade de mantê-la em funcionamento nas condições atuais. Eles afirmam que apesar do bom alicerce, a insuficiência da energia,os encanamentos defasados e a cozinha sem comida tornam a vida de todos os envolvidos com a escola um desafio.

Funcionários terceirizados, que atuam na escola, também reclamam da situação. Além da estrutura precária para trabalho, eles alegam que estão há 4 meses sem receber salário.

A reportagem do Roraisul entrou em contato com o Governo de Roraima no final da manhã desta quarta-feira (23), e não obtivemos retorno até o fechamento da matéria às 17:30.

One thought on “Alunos de escola em São Luiz denunciam descaso do Governo”

  1. Tudo mentira pq sou funcionário da escola.. E informação não procede pois foi ouvido por apenas um funcionário… E reportagem feita sem autorização de pais e da direção da escola .. E além a escola foi contemplada para uma reforma ..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *