Alunos de informática em Caracaraí usam pela primeira vez um computador

Adquirir novos conhecimentos nunca é tarde e nem é demais, pelo contrário, quanto mais informação, mais se acumula experiências. E quando esse aprendizado começa ainda na infância, aumentam os estímulos das habilidades cognitivas e a compreensão se torna ainda mais fácil. É exatamente isso que está sendo vivenciado por 174 alunos, de 8 a 12 anos, nas aulas de informática básica ofertadas pela Escola do Legislativo, no Núcleo da Assembleia Legislativa do município de Caracaraí, a 170 km de Boa Vista.

A maioria deles está manuseando pela primeira vez um computador. E para facilitar essa interatividade, o professor de informática, Abimael Silva Bastos, 33 anos, passou na primeira aula uma atividade lúdica para desenhar uma casa usando o aplicativo Paint. A finalidade da tarefa era deixá-los mais livres, estimulando a coordenação motora para manusear o mouse com mais facilidade.

“A falta de coordenação motora é uma das principais dificuldades que eles têm, que é parte para movimentar o mouse com mais agilidade. Esse exercício vai desenvolver, estimular essa coordenação”, explicou o professor, que foi aluno da Escola de Informática Vencer, no ano de 2002. “É um privilégio grande estar aqui outra vez, antes como aluno e agora como professor. Inclusive, para estimular essa turma a continuar no curso, contei que comecei igual a eles, com o cursinho básico”, contou Bastos.

Esse primeiro contato com a máquina deixou a aluna Camile Souza do Nascimento, 8 anos, tensa, com a mão suando. “Essa aula está sendo ótima. Eu antes sabia ligar o computador, mas agora estou aprendendo a mexer. Estou um pouco nervosa porque não consigo desenhar a casa, mas estou gostando muito”, relatou.  Essa também era a dificuldade de Matheus Ferreira Saldanha, 12 anos. “A aula está legal, mas nesse início está sendo um pouco difícil mexer com o mouse”, disse.

O aluno Renedy Rodrigues de Lima, 12 anos, já manuseou um computador, mas por falta de prática, acabou esquecendo o que havia aprendido. “Estou fazendo o curso para relembrar porque muitos professores na escola pedem trabalhos digitados. Hoje aprendi muitas coisas como a divisão do teclado, para que ser os lados direito e esquerdo do mouse. Eu pretendo no futuro fazer um curso de medicina, então tenho que aprender a mexer, porque sei que vou usar muito computador”, comentou.

O coordenador do Núcleo em Caracaraí, Marceone Gomes Rodrigues, ressaltou que os interessados em participar dessas atividades devem procurar a instituição que fica localizada na avenida Presidente Kennedy, nº 1.151, no Centro, munidos do comprovante de domicílio e da identidade. “As atividades já iniciaram, mas continuamos fazendo inscrição para formar novas turmas. No caso das crianças, os pais é que devem inscrevê-los, certamente todos serão bem cuidados. É importante ressaltar que os serviços ofertados são gratuitos”, lembrou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *